Formulário de contato:

April 22, 2019

March 27, 2017

Please reload

Posts Recentes

Embolia Pulmonar

April 22, 2019

1/3
Please reload

Posts Em Destaque

Vacina da Gripe 2018

Iniciou a campanha de vacinação contra gripe de 2018. A vacina deste ano traz uma nova cepa do vírus Influenza A/H3N2. A atualização das vacinas contra gripe faz parte das recomendações feitas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para garantir a eficácia do produto. Todo o ano, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) aprova uma nova composição da vacina Influenza que considera novos vírus circulantes no País e no mundo.

 

Vacinas Influenza trivalentes

Três tipos de cepas de vírus em combinação, dentro das seguintes especificações:

- um vírus similar ao vírus influenza A/Michigan/45/2015 (H1N1)pdm09;

- um vírus similar ao vírus influenza A/Hong Kong/INFIMH 16-0019/2016 (H3N2); e

- um vírus similar ao vírus influenza B/Phuket/3073/2013.

 

Vacinas Influenza quadrivalentes

As vacinas quadrivalentes contendo dois tipos de cepas do vírus influenza B deverão conter:

- um vírus similar ao vírus influenza B/Phuket/3073/2013;

- um vírus similar ao vírus influenza A/Michigan/45/2015 (H1N1)pdm09;

- um vírus similar ao vírus influenza A/Hong Kong/INFIMH 16-0019/2016 (H3N2); e

- um vírus similar ao vírus influenza B/Brisbane/60/2008.

 

A transmissão dos vírus influenza ocorre pelo contato com secreções das vias respiratórias que são eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). À população em geral, o Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples como formas de prevenção: lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar, evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal, entre outros. Em caso de síndrome gripal, a recomendação é procurar um serviço de saúde o mais rápido possível. Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

 

É importante ressaltar que vacina da gripe não dá gripe. É produzida por vírus mortos. Portanto, a vacina é bastante segura. O efeito colateral mais observado é um pouco de dor no local na administração. Pode também ocorrer febre (observado em aproximadamente 2% dos adultos) e sensação de mal-estar. 

 

A vacina contra a gripe é considerada a maneira mais eficaz de se prevenir contra a doença. 

Compartilhe no Facebook
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square